Curso de Cupcake

Eu acho que sempre gostei de cozinhar, desde pequena. Vez ou outra, ainda criança, ia pra cozinha e me aventurava em fazer algo bem gostoso pra minha mãe. Com certa frequência, ficava horrível. Mas minha mãe fingia bem e eu acreditava que era a maior chef do mundo.

Na adolescência, fui me refinando e descobrindo que minha paixão na cozinha não era cozinhar qualquer coisa: era fazer doces. Doces, doces e mais doces.  Toda semana lá em casa, a sobremesa era por minha conta. Aprendi a fazer mousse se maracujá e fiquei fazendo ele por uns 3 meses seguidos. Até que o pessoal lá em casa enjoou e eu tive que começar a variar minhas receitas.

Me especializei em brigadeiros e casadinhos. Meus amigos e familiares adoravam e aí surgiu a uma brilhante ideia: vender brigadeiro. Na época, tinha uns 16 anos, tava na escola e comecei a vender pra meus amigos de sala. Em pouco tempo, alunas de outras turmas e outras séres me procuravam pra comprar os brigadeiros na minha mão.

Enfim, o tempo passou, fiz vestibular pra engenharia química, entrei na faculdade e não tinha mais tempo de fazer tantos doces e, muito menos, de ganhar dinheiro com eles. No final do curso de engenharia, eu ganhei uma bolsa de estudos e fui morar na bégica por um ano. Experiência incrível na minha vida conhecer a europa e os cupcakes. Opa, cupcakes?

Sim, comi meu primeiro cupcake há muitos anos num café pacato lá em Bruxelas. Fiquei maravilhada com a combinação de beleza e sabor que aqueles cupcakes tinham. Pra mim, era a definição de arte.

curso de cupcake

Acho que por um bom tempo comi cupcakes diariamente e diariamente fui ia correr no stadspark (parque da cidade) com medo de engordar.

Pois bem. Depois de gastar muitos euros em cupcakes, eu resolvi me aventurar a fazer os meus. Assisti esse video pra me basear:

Os resultados iniciais foram caóticos.  Depois de alguns testes, consegui fazer uns cupcakes gostosos, mas “feios”. E foi aí que eu tomei uma decisão:

Curso de Cupcake

Pesquisei por alguns cursos de cupcake ainda lá na Bélgica, mas fui achando tudo meio caro, pelo menos pra minha condição de estudante. Foi aí que surgiu a ideia de pesquisar um curso online. Só que nessa época, já estava perto de voltar pra o Brasil e acadei deixando a ideia pra trás.

Quando voltei pro Brasil, resolvi levar a frente a minha ideia, fiz algumas pesquisar e comprei um curso de cupcakes. E, te digo, não me arrependi nem por um segundo!

O curso que comprei foi esse aqui.

Conteúdo do curso de cupcake

-Tipos de coberturas e como prepará-las
– Guia completo com todos os bicos de confeiteiro
– Como fazer a cobertura dos sonhos com a voltinha perfeita
– Cobertura duas cores
– Receitas Gourmet
– Cupcakes Divertidos
– Dicas de Marketing
– Dicas para vender ainda mais
– Como calcular o custo

Quando acabei o curso e comecei a praticar, consegui fazer Cupcakes de aparência profissional e tive uma visão de negócio! Digo isso porque se você está lendo isso você pode estar querendo um curso pra você aprender a fazer cupcakes pra você , sua família e amigos, mas também pode estar qurendo fazer pra revender e ter uma renda extra no final do mês. E isso é super possível! Super mesmo.

Quando você compra o curso, você ganha uma planilha do excel bem simples de mexer onde você pode calcular os custos e aí dá pra saber quanto você pode cobrar pra ter uma margem de lucro pra você.

Eu gostei bastante e recomendo, por isso escrevi este texto aqui pra vocês.

Se você tem interesse em adquirir o curso de cupcake, clique aqui.

Anúncios